Amigdalectomia e Adenoidectomia

O que são as amígdalas e adenóides?

As amígdalas e as adenóides são órgãos que reforçam a imunidade de todo o trato aero ­digestivo superior, podendo  sua  função  estar  comprometida principalmente por hipertrofia (aumento) ou infecções repetidas.

O quê é amigdalectomia e adenoidectomia?

São os nomes dados à remoção cirúrgica das tonsilas palatinas (amígdalas) e das tonsilas faríngeas (adenóides). 

Qual sua finalidade?

O principal objetivo destas cirurgias é restabelecer uma adequada respiração nasal, normalmente prejudicada em pacientes com hipertrofia de amígdalas e adenóide.

As indicações cirúrgicas são absolutas quando ocorre hipertrofia com obstrução da via respiratória (roncos e obstrução nasal) ou da via digestiva (engasgos freqüentes e dificuldade de alimentação) e crises infecciosas muito intensas ou repetidas.  

As indicações cirúrgicas são relativas nas adenoamigdalites de repetição, abscesso periamigdaliano,  halitose (mau hálito) e para o tratamento de  sinusites ou otites de repetição. 

Como é realizada?

A cirurgia é realizada sob anestesia geral somente em hospitais com estrutura adequada. O paciente dorme e não sente nenhuma dor durante o procedimento. Na maioria dos casos recebe alta no mesmo dia da cirurgia, necessitando de poucos dias de recuperação em casa.

Estamos preparados para explicar os riscos e benefícios dessa cirurgia, assim como a forma mais segura possível de realizá-la. Estamos à disposição para o esclarecimento de eventuais dúvidas.

Confira as nossas orientações pré operatórias: Clicando Aqui